Seminário vai debater espaço da mulher na política

3

Seguindo as orientações das autoridades no combate e na prevenção da COVID-19, informamos que o I Seminário da Mulher, que aconteceria no dia 26 de março de 2020, está adiado. Assim que possível, anunciaremos a nova data.

Apesar de ser maioria na população brasileira, a mulher ainda é pouco representada na política. Para discutir esse assunto, acontece no dia 26 de março, o I Seminário da Mulher.

Com palestras e debates conduzidos por especialistas de diversas regiões do Brasil, o Seminário é uma realização do Sul da Bahia em Ação e tem o apoio das comissões da Muler e do Direito Sistêmico, Conciliação e Mediação, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção Itabuna e da faculdade UESC.

Palestrantes

Já estão confirmadas as seguintes palestrantes:

Hannah Maruci, coordenadora de projetos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo.

Katianny Estival, mãe, pós-doutora em gestão, professora titular da Uesc e mentora de pessoas e organizações.

Ana Fernanda, médica, mestranda em Administração Pública e tenente coronel da Polícia Militar da Bahia.

Tatiane Botelho, graduada em Gestão Ambiental pela Universidade Norte do Paraná, tem especialização em Agroecologia Aplicada a Agricultura Familiar pela Uesc, atualmente, cursa Licenciatura em Ciências Biológicas na UESC e Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos com Ênfase em Cacau e Chocolate.

Larene Fonseca, bacharel em Ciências Econômicas pela Uesc, Executive e Life Coach Practitioner em PNL, Pós-graduada em Gestão Ambiental, Instrutora do Senac e Agente de Orientação Empresarial do Sebrae.

Luana Faria, criadora da plataforma Entre Elas, doutora em Administração pela UFBA,  professora de Graduação e Pós-Graduação, especialista em Gestão de Pessoas e Liderança e mentora de Carreiras e Liderança.

Tacila Souza, empreendedora e Mobilizadora Social reconhecida pelo Prêmio Itaú-UNICEF, letróloga, palestrante, professora e coordenadora de Projetos nas áreas da Educação, Cultura e Teatro e Juventude. Mestranda em Letras: Linguagens e Representações (UESC). Voluntária do Colégio
Modelo de Itabuna-BA e do SER Mulher-UESC. Idealizadora e coordenadora do Projeto Elas Contam: Oficinas de Linguagem e Emoções.

Baixa representatividade

Segundo dados da organização Inter-Parliamentary Union, o Brasil é um dos piores da América Latina em representação feminina, com pouca evolução desde a década de 1940.

Para especialistas, a participação da mulher na política envolve questões culturais e está relacionada à maturidade da democracia no País.

O I Seminário da Mulher vai debater as causas, compartilhar iniciativas que têm sido adotadas e apontar caminhos para reverter esse quadro. É um evento que vai ser histórico para a nossa região“, afirma Ronaldo Abude Eustáquio da Silva, coordenador do Sul da Bahia em Ação.

Inscrições

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas somente pelo site.

I Seminário da Mulher
26 de março, das 8h às 18h
Uesc – Ilhéus/BA
Inscrições: https://www.sympla.com.br

Compartilhe

3 Comentários

Deixe um Comentário